05 novembro, 2009

GARIMPO

Além de baratim, o livro do Dylan já me rendeu dois poemetas, um dos quais:


garimpo

na bacia das almas
tem muita pepita
de ouro
pro olho
de quem vê

floripa, beiramar, 21/10/09


{8¬)

5 comentários:

Fernando B.Delmonte disse...

passar as canelas por uns sebos sempre vale alguma pena, né? massa o poemeto! - no terceiro verso eu colocaria "de puro ouro"...

Shasça disse...

É isto Fernandim: mano que é mano contribui, mesmo que seja com verso. Ou conversa?
Achou o presente do Dylan na postagem anterior?
[ ]'s
{8¬)

Fernando B.Delmonte disse...

pirei no poema... permita-me variações...

"no garimpo:

a bacia das almas
tem muita pepita
de puro ouro
pro olho puro
de quem sabe ver"

sim! ótimo dylan! and "no direction home"! yep!

Fernando Pires disse...

Será que algum de voces pode me explicar o que deve ser "bacia das Almas"
Nesta bacia tem pepita de ouro ou tem Almas?
E por falar nisso vou falar com o meu Papai do céu que depois que eu morrer eu não aceito a minha Alma ficar dentro de uma bacia, principalmente junto com outras Almas

Shasça disse...

Fernandim Delmonte, teu reversejo ficou parecendo letra de música cantada pelo João Bosco. Por que será, hein?

Fernandim do Recife, "bacia das almas" é como se chama a seção de ofertas,lá em Minas. A alma é como uma pepita de ouro: depende das atitudes do portador para ser bacana ou não.

[ ]'s
{8¬)