29 julho, 2011

AMY IN THE SKY WHITH JIMMI



Até parece que JIMI HENDRIX, o anfitrião, já tinha esta canção, IN FROM THE STORM, preparada para recebê-la no outro palco. Como a jam session nunca termina, o couro nem deve ter parado de comer. Vejo RAUL SEIXAS gritando em meio às guitarradas:
- NÃO PARE NA PISTA!

Muita coisa se falou sobre esta guria que cantava, canta e vai continuar cantando muito. Por que a vida não pára. Não pára nem para os que escolhem ficar parados no tempo ou acreditando em tempos e planos vindouros. Música é energia vibrando. Portanto, muito depois da próxima extinção de dinossauros, AMY WINEHOUSE ainda estará cantando pelaí, como outros tantos.

Algumas eras atrás, compus esta brincadeira inspirado nas pessoas que não passam a vida esperando a gorjeta para ser feliz. Posto só agora porque, parece-me, que as piadas dos incapazes criativos recolhem-se às suas mentes cloacais.
A pergunta é simples e cada um tem sua resposta. Sinta-se à vontade para comentar a sua, caro vistante.
{8¬)


MUST THE SHOW GO ON?

deixou-se...
o coração a navegar demoradamente pelas
paisagens
incrivelmente ainda vivas
farol da barra arembepe trindade
na parede
naquele solo flamejante
um jimi
cujos olhos fizera com as sobras da seringa
emergiu
era preciso comer/pagar água&luz
jurou
“o último summertime”
apenas ele teimava
todos já haviam partido
“heróis são dispensáveis”
ponderou lá com seus bottons
apertou a gravata
ajeitou os cabelos
e marchou para o primeiro dia no banco
“talvez não fosse tão mal assim...”
seguia
construindo razões
abrindo caminho por entre o gado
não chegou ao outro lado do viaduto
soltou-se no ar
o sorriso tranqüilo
esperando o asfalto chegar

não muito longe dali
alguém cantarolava despreocupado
“summertime
and the fishs are jumpin’...”



Ps.: crie coragem e navegue pelos HYPERLINKS (palavras realçadas); num deles tem a letra da canção.

3 comentários:

beti disse...

Estamos ai com a marcha para a liberação da maconha, mas para muitos ela, a maconha só foi o leite de peito, depois acham se adultos o suficiente e vão experimentar novidades do cardápio, querem algo mais substancioso, até q o mais forte experimenta o mais fraco... Há morte é inevitável,então pra que apressá-lá? Há qto tempo Amy ñ vivia o verão? Para Amy, assim como para alguns outros eles já ñ viviam e espero q possam renascer, onde for necessário para realmente continuar cantando...quem sabe cantando o verão no verão. Tempo... é só dar um tempo.

Mário César Mancinelli de Araújo disse...

SHOW!

O vídeo é ÓTIMO! Épico! :D

Muito bom!

Anderson L. disse...

...céu vai ficando cada vez mais interessante.
Foda o teu blog
visita o meu aí:
www.palavreandome.blogspot.com