09 setembro, 2013

BAGAGEIRO NOS ÔNIBUS URBANOS: MERECEMOS?

 
 


O blog já tratou desta questão na postagem BAGAGEIRO NO BUSÃO (19/05/2010).  Ainda assim, neste dia em que a administração municipal de FLORIANÓPOLIS realizou AUDIÊNCIA PÚBLICA com o objetivo de discutir o processo licitatório dos serviços de transporte coletivo, é interessante retomar o assunto. Vamos juntos, caro leitor?
Floripa é ornada por belas praias, o que atrai turistas do mundo todo. Como é sabido, viajante costuma carregar bagagem. Nossa bela ilha também oferece duas universidades públicas, algumas privadas, dentre outros estabelecimentos de ensino. Também é sabido que estudante costuma carregar livros e cadernos. Boa parte das pessoas que trabalham no centro mora em bairros distantes. Muitas vezes, estes trabalhadores aproveitam o momento que antecede  a volta ao lar para comprar, por exemplo, víveres alimentícios. Talvez malas de viagem, mochilas escolares ou sacolas nos superlotados ônibus.
Então, por que os responsáveis pelo planejamento e execução do serviço não enxergam a necessidade de bagageiros nos ônibus urbanos?
Será que não compreendem que, ao invés de carregar pesadas cargas, os passageiros poderiam utilizar as mãos para se segurar, já que nem aqueles que viajam sentados dispõem de conto de segurança?
Será que nós, usuários que ainda aguardamos que o DENATRAM proíba que passageiro de ônibus urbano viaje em pé, não merecemos esta singela despiora nas condições de traslados?
Será que não há um edil florianopolitano capaz de refletir sobre este projeto de lei do nobre Vereador Dié?


Ps.1 – Que tal convidar IGOR BATISTA, que desenvolveu o bagageiro apresentado no vídeo?
Os. 2 – Saiba mais clicando nos HYPERLINKS (palavras realçadas).

2 comentários:

Unknown disse...

É desejável sim, a não ser que você despreze pessoas que utilizam o transporte público por necessidade ou opção; que deveria ser a sua também caso discorde.
Os usuário de ônibus (só prá facilitar) não fazem compras? Não tem que transportar mochilas com livros e cadernos? Ora bolas, porque obrigar essas pessoas a se equilibrarem num transporte utilizando apenas uma das mãos? Não será também uma questão de segurança individual? Afinal, nós somos bípedes e nos equilibramos em duas pernas, pelo menos foi assim que aprendemos.
Por isso concordo e peço que tenha sim, os ônibus executivos que tem poltronas mais confortáveis e não podem transitar com pessoas em pé tem! Então é uma questão de coerência e tem outra, um passageiro com uma mochila nas costas atrapalha prá caramba, então...BAGAGEIRO JÁ!!!!

Igor disse...

Boa tarde.

Sou Igor Batista criador do projeto.

Caso queiram mais informações estou à disposição.

Meu email é: igoraugusto501@hotmail.com